Brasil condena confrontos na fronteira da Venezuela e 'caráter criminoso do regime Maduro'

Itamaraty afirma em nota que 'atos de violência perpetrados pelo regime ilegítimo do ditador Nicolás Maduro' são um 'brutal atentado aos direitos humanos': 'nenhuma nação pode calar-se'.

Por G1 24/02/2019 - 09:19 hs

O governo brasileiro condenou neste domingo (24) "os atos de violência perpetrados pelo regime ilegítimo do ditador Nicolás Maduro" ocorridos no sábado, nas fronteiras com o Brasil e com a Colômbia, chamou o governo de Maduro de "criminoso" e apelou à comunidade internacional para "somarem-se ao esforço de libertação da Venezuela".

"O uso da força contra o povo venezuelano, que anseia por receber a ajuda humanitária internacional, caracteriza, de forma definitiva, o caráter criminoso do regime Maduro", afirma nota divulgada pelo Itamaraty na madrugada deste domingo.